Cursos técnicos profissionalizantes são a chave para fugir da crise

 

Em tempos de crise econômica, momento em que todos os setores do país são afetados, é a busca por qualificação profissional que se destaca para quem deseja conquistar colocação no mercado de trabalho. O número de vagas diminui, a concorrência aumenta e com isso pessoas com qualificação competem com mais chance. O momento pede mão de obra eficiente e mais produtividade nas indústrias. As pessoas buscam conhecimento, aprendizado e especialização, e tudo isso prevendo menos investimento financeiro, pelo menos até que as “coisas” comecem a melhorar.

pronatec 2016

As linhas de crédito diminuíram, o emprego diminui na construção civil e a correria em busca da estabilidade só aumentou.

Se a maioria das pessoas não tem dinheiro, o negócio é aproveitar as ofertas que estão à disposição e não são poucas. Em 2016, 2 milhões de vagas estão previstas para o Pronatec. Serão mais de 350 mil vagas em cursos técnicos e 1,6 milhão de vagas em cursos de qualificação profissional.

O Pronatec é resultado do esforço de diversos parceiros:

  • 15 Ministériosparceiros demandantes
  • Todas as secretarias estaduais de educação, que atuam como demandantes e ofertantes
  • Institutos Federaisde Educação, Ciência e Tecnologia
  • Sistema S – SENAI, SENAC, SENAR e SENAT
  • Redes estaduais, distrital, municipais e fundações públicas especializadas em EPT

O Pronatec avançará no atendimento do público da educação de jovens e adultos, por meio do Pronatec EJA, e na oferta de cursos à distância, com o uso de tecnologias educacionais para o autoestudo e posterior certificação profissional, por meio do e-Pronatec.

As ações do Pronatec em 2016 e 2017 buscam a melhoria da qualidade e a expansão da oferta de educação profissional, e se articulam com o Reconhecimento de Saberes e com construção de Itinerários Formativos, para estimular o jovem e o trabalhador que retomem a sua trajetória nos estudos e, consequentemente, elevando a sua escolaridade e seu nível de formação profissional.

As oportunidades estão aí, quem realmente quer garantir colocação profissional deve manter o foco e aproveitar projetos como o Pronatec para competirem com mais igualdade na busca da tão sonhada vaga de trabalho.

Fonte: MEC

********************************

LiziRiccoColunista:

Lizi Ricco é a jornalista responsável pela Revista Eléve, blogueira e  assessora de comunicação na Lzf Conteúdo e Design. Como jornalista escreve sobre todos os assuntos, traz entrevistas com profissionais e personalidades, atualiza conteúdo em diversos blogs e editorias. 

Contato: lzricco@lzricco.com.br – www.facebook.com/lizi.ricco – Twitter: @LzRicco

 

 

Você também poderá gostar...