Call me crazy! 

image1

Call me crazy? Ok! Posso até ser, mas certamente é “crazy” de felicidade. Não que eu não tenha problemas, oooh, quem não tem né? Mas também não “tamo” aqui numa olimpíada pra competir quem tem mais ou menos. Mas de uns meses pra cá, confesso que as “cousas” tenham melhorado…..’even’ com inveja alheia…porque ela só existe de quem não tem “luz própria” e eu sou a “dona da fábrica” né genteeee? A  Arte&Chama.

Não, não parei de fazer as minhas velas, modestamente maravilhosas, mas o que pouca gente sabe é que o assalto que sofri ano passado, semanas antes da coleção que eu ia lançar, me fez “parar” de fazer coleções temáticas. Aquelas que eu fazia inspirada nas minhas viagens.

Cada um reage como pode, mas segui fazendo velas normalmente para os eventos da Jalfim e agora também em parceria com a Hemb. Aí também veio a vontade de ajudar…falar…eu falo pouco né gente? kkkkK…vídeos ao vivo e afins (alôoo RBS, Globo e afiliados) hehe…. inventei cursos que trazem aquilo que eu gostaria de ter aprendido quando iniciei a minha vida mais saudável, ou melhor, quando exerci o que é de mais nato na minha essência: empreender, inventar, é isso que me faz bem.

Podem ver, eu só “falo mais, exponho mais” quando estou feliz ou quando tenho coisas boas para dissipar (chegaaa de coisa ruim). Me manter mais “quieta” nesse último ano, me fez enxergar mais….ver que às vezes o “inimigo”, SIM porque todos temos, pode estar ao lado simmmm, e estou aprendendo a “afastar os demônios” sem brigar (pasmemmm, kkk) ignorar e parar de falar dói bem mais né? Terapia tem me ajudado muito e também as pessoas que eu escolhi para estarem perto ou que eu escolhi para dividir as minhas dificuldades têm sido nota mil. A gente definitivamente não agrada a todos, eu mesmo nem devo estar agradando alguns com tudo que estou escrevendo, mas como estou transbordando, resolvi escrever. “PatrEEcia” ainda me disse quando iniciei a minha viagem pra Ásia: “era o que estava te faltando”. Era mesmo amiga. Nem as coisas ruins da viagem, como roubo, perda de voo e mala quebrada…eu deixei que atrapalhassem o clima, até mesmo para postar aqui….quase ninguém soube o que aconteceu.

Eu brinco às vezes que essas coisas acontecem para gente tornar a viagem mais interessante e para sempre ter histórias para contar…pode ser né? Uma estatística diferente: “o roubo por Micos🐒 sobe 13% no Sri Lanka” o.O 😳….ah, pois é…quem aqui já foi roubado por um mico(SIM um miquinho, aquele macaquinho blá, blá, blá). Se você não conhecia ninguém, e só tinha visto em filme de Indiana Jones, agora já conhece, prazer eu! Prontoooo, mais uma história para contar para os meus netos hehe, haja noites para contar tanta história hein? Agora acabei de criar mais uma para contar pra eles: a vez que eu resolvi fazer um “bate volta” em Miami só para fazer duas coisas: trocar o telefone que deu pau e só poderia ser trocado nos EUA, e também para ir no show da Adeleeeeee…..gente esqueçam a parte do “louca, ir para Miami por 1 noite só….a passagem já existia, ou eu ia ou rasgava….blá, blá blá. Fui né?! Bom, eu gosto de dividir, na verdade eu gosto de todo mundo junto….então essa é a minha forma de reagir. Ontem cheguei e hoje já estou indo embora, bem feliz SIM, correria também, mas e daí né?! Quem fica parada é estátuaaaaa e pra isso, eu não nasci!

Obrigada pra quem leu até o final e lembrem-se: COMPREM VELAS e se inscrevam nos próximos Cook Experience Fit que 21 de novembro desembarca em SP. “Tamo expandindoooo”!!!

Assinado: A mãe da Maria Fernanda e inventora de tudo isso e muito mais…

image2

Você também poderá gostar...