Benefícios da Hipnose na melhora ou solução para doenças da mente

ENTREVISTA SOBRE HIPNOSE COM ALEXANDRE RIET

Por Lizi Ricco

 

Reconhecida pelos Conselhos Federais de Odontologia, Medicina, Psicologia e de Fisioterapia e Terapias Ocupacionais, a Hipnose é considerada alternativa para tratamento de problemas causados pela mente humana como ansiedade, fobias, transtornos alimentares, depressão, entre outros.

 

Já é utilizada oficialmente em grandes centros de saúde humana, como o Hospital A. C. Camargo, de São Paulo, especializado na luta contra o câncer, e também no Hospital das Clínicas de São Paulo (HC/SP).

 

Para entender o que é e como funciona, entrevistamos o hipnoterapeuta e coach Alexandre Riet para falar da técnica, benefícios e sobre algumas das suas experiências em caso bem sucedidos com pessoas que optaram pelo tratamento com Hipnose para resolverem problemas emocionais.

 

alexandre-riet-hipnoterapeuta

Hipnoterapeuta Alexandre Riet – Foto: Divulgação

CONFIRA A ENTREVISTA:

O que é  hipnose e o que caracteriza o estado de hipnose?

 

Riet: Hipnose é um estado mental entre estar acordado e estar dormindo. É um estado neurofisiológico natural onde o indivíduo fica hiper focado, hiper concentrado, hiper atento, totalmente consciente de tudo ao seu redor, mas com a atenção direcionada a um único foco. Hipnose é um estado tão natural que acontece a maior parte do tempo e não percebemos.

 

Toda vez que estamos, por exemplo, em uma conversa muito interessante com uma pessoa que gostamos, por mais barulho que exista ao nosso redor, isso não nos atrapalha, conversamos com a pessoa, contamos histórias, revivemos situações em nossa mente, rimos, choramos, etc… estamos totalmente focados. Toda vez que assistimos a um filme que queríamos muito assistir, entramos em um estado que nada nos atrapalha, praticamente “entramos” pra dentro da história, e talvez tenhamos até certa dificuldade de responder se por ventura alguém nos chamar.

 

Quando estamos apaixonados, certamente estamos em estado de Hipnose, ficamos “hipnotizados” por uma pessoa (mesmo havendo mais 7 bilhões de outras pessoas no mundo) e excluímos todas as outras possibilidades de relacionamentos e nos consideramos aquela pessoa como a única a receber nossa atenção e nossos melhores sentimentos. É assim que acontece, não é mesmo?!

 

Também estamos hipnotizados quando, apenas imaginando um cenário desagradável de uma reunião importante, por exemplo, nos sentimos mal, nosso corpo produz alterações fisiológicas “reais” como se algo ruim estivesse acontecendo aqui e agora.

 

Não há, absolutamente, nada de incomum, anormal, sobrenatural na Hipnose. Não é místico, não é religioso (embora muitas religiões utilizem o estado de Hipnose para evocar a fé dos fiéis), não é perigoso.

 

Todos os mitos envolvendo Hipnose são totais distorções do que de fato acontece.

 

O que é necessário para que uma pessoa entre em transe hipnótico?

 

Riet: Basicamente são necessárias 3 coisas:

  1. Que ela QUEIRA entrar em Hipnose – toda Hipnose é Auto Hipnose, é particular, é uma faculdade do indivíduo, ninguém pode entrar em Hipnose se não quiser. Ela precisar querer seguir as instruções do profissional habilitado para conduzir o processo (quase o mesmo que seguir as instruções do GPS do carro);
  2. Possuir um grau de inteligência e saúde mental que entenda o que o Hipnoterapeuta está sugerindo (para pessoas com deficiências cognitivas elevadas ou disfunções mentais gravíssimas não conseguem entrar em Hipnose sendo conduzidas por outra pessoa)
  3. Estar se sentindo SEGURA com a experiência – o MEDO é o maior obstáculo para pessoas que querem usufruir dos benefícios da Hipnose. No momento em que a pessoa entende que vai estar no comando o tempo todo, ela relaxa e consegue entrar em Hipnose. O Hipnoterapeuta é apenas um Guia e Parceiro no processo, quem faz o trabalho mental é o próprio cliente.

 

Qualquer pessoa pode ser hipnotizada?

 

Riet: Sim, preenchendo os requisitos citados acima. Sendo mais específico, ela não será hipnotizada pelo Hipnoterapeuta, ela mesma irá se permitir entrar em Hipnose, toda Hipnose é Auto Hipnose.

 

Que tipo de preparação ou qualificação deve ter um profissional para realizar a hipnose?

 

Riet: Para realizar a Hipnose em si, por se tratar de um estado natural da mente, algo que acontece todos os dias (nas conversas entre as pessoas, em todos os comerciais em todas as mídias) não é necessário nenhuma qualificação específica, só ser um bom comunicador, toda comunicação efetiva é hipnótica por natureza.

Mas para utilizar a Hipnose com a finalidade terapêutica, com a finalidade de solucionar problemas emocionais e comportamentais, o profissional precisa entender como funciona a mente humana, o processo de aprendizagem, o processo de mudança comportamental, e para isso existem excelentes escolas de formação em Hipnoterapia, como a OHTC (OMNI Hypnosis Training Center), que é a única com ISO 9001 de qualidade de ensino e de processo de Hipnoterapia.

E respeito, muito respeito pelo ser humano.

 

Que benefícios a hipnose pode trazer às pessoas?

 

Riet: A Hipnose pode trazer benefícios em todos os problemas gerados a partir da mente humana (Doenças psicossomáticas em geral):

 

-Obesidade e transtornos alimentares
-Fobia social
-Fobias específicas (medo de aranhas, escuro, altura, palhaços, etc.)
-Náuseas relacionadas à gestação ou a tratamentos quimioterápicos
-Tabagismo
-Transtorno de Estresse Pós-traumático

-Ansiedade

-Hipertensão

-Distúrbios do sono

 

De que forma a hipnose contribui para melhora ou cura da depressão, fobia, estresse, angústia, entre outros problemas emocionais que acometem pessoas no mundo inteiro?

 

Clique aqui para continuar lendo a entrevista, completa no site Corpo & Estética. 

 

 

 

Você também poderá gostar...

1 Response

  1. Iracema Silva disse:

    Funciona mesmo na prática? Acho que só com algumas pessoas mais propensas, neh?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.