O amor

Hoje, entre lágrimas de emoção, vou propor o tema para vocês que me acompanham. Explico o porquê das minhas lágrimas. Acaba de nascer a filha do meu enteado. Digo meu enteado porque embora não seja mais casado com pai dele ele sempre será meu enteado. Quem me conhece sabe que quem um dia esteve no meu coração não sai mais dele. Tem cadeira cativa…seu lugar marcado. Não importa a distância, nem o tempo, nem o silêncio, o meu amor é intacto. Hoje quando soube do nascimento da filha dele me enchi de felicidade por eles.

amor-vanessa-campos

Me lembrei do dia que os conheci. Ele e seu irmão.Um de 16 e outro com 10 anos de idade. Me olhando …ali parados- assustados e cheios de esperança. Foram 10 anos de convívio, de encontros e desencontros, amor e brigas. E digo a vocês com muita tristeza que quando as vidas tomam outro rumo, quando as pessoas se separam perdemos não só um projeto de vida, mas perdemos pessoas que realmente amamos. Confesso que queria fazer mais parte da vida deles…, mas não faço…infelizmente não. Mas meu amor é o mesmo…poderia dizer que a saudade o faz mais forte, a falta também.

Meu sentimento era que eles eram meus…o mais velho- se tornando pai hoje…mais reservado, adolescente na época. E o mais novo poderia ter sido meu filho…tínhamos as mesmas manias, a rinite. A teimosia e muito amor. Lembro como se fosse hoje aquele menino cabelo liso, preto escorrido, olhos brilhantes amendoados me olhando… lembro quando ele vinha do colégio todo suado e deitava na minha cama bem cheirosa e eu quase morria …mas sabia que o lugar dele era ali…conversando…me contando das aventuras e do seu dia. Lembro e tantas coisas. Nossa! O tempo é algo estranho porque tem vezes que ele parece eterno…e outras é como se fosse um breve suspiro que já se termina.

Ninguém pode pedir ao outro que ele o ame…o amor se constrói. Dia a dia. Passo a passo. Na confiança, na troca, nos olhares. Se vale a pena? Olha para mim é o que me faz acordar todos os dias…quero amar o mundo, as pessoas, as coisas, meu trabalho…tudo! E a saudade? A saudade dói! Muito! Ela corta! Arde! Porque ela é a falta de algo que não se tem mais. São só memórias…Nossa como tenho saudade desse guri! E ele sabe o quanto me foi difícil – espero que saiba né! Não ter mais ele na minha vida.

O amor é assim entra dentro da gente sem pedir licença…cresce. Nos enche… cada um no seu lugar!

Um beijo até semana que vem

Vanessa Campos

Você também poderá gostar...

1 Response

  1. Melissa disse:

    Verdade
    Saudade dói !
    Amor se constrói
    E a vida é breve
    Bjus amei !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.