28/06 Dia do Orgulho LGBTI – Como falar com crianças sobre respeito às diversidades

Indicada para leitores a partir dos sete anos, obra do educador Marcos Ribeiro auxilia no entendimento do assunto

Somos-Iguais-Mesmo-Sendo-Diferentes-Marcos-RibeiroEm 28 de junho é comemorado internacionalmente o Dia do Orgulho LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais). A data remonta o início das manifestações contra a homofobia ocorridas nos Estados Unidos, em 1969, após o episódio conhecido como a Rebelião de Stonewall, que marcaria, no ano seguinte, a realização de marchas em prol dos direitos dos homossexuais em diversas localidades norte-americanas. O resgate das memórias dessas lutas reforça a conscientização sobre direitos humanos e respeito à diversidade em suas mais variadas dimensões, sejam elas sexuais, raciais, corporais, religiosas ou étnicas.

Diante de tantos fatos relacionados à intolerância às minorias, faz-se necessário o trabalho de conscientização das diferenças desde a infância. Compreender essas questões hoje pode apontar para caminhos e relações mais tolerantes no futuro no que se refere às condições e escolhas de cada um. Nesse sentido, o educador Marcos Ribeiro escreveu o livro Somos iguais mesmo sendo diferentes!, publicado pela Editora Moderna, que discute esses assuntos e pode ser um pontapé inicial para abordagem de temas ligados à diversidade. O título é indicado para crianças a partir dos 07 anos e oferece a possibilidade de leitura compartilhada com pais e adultos que têm interesse em discutir tais questões.

Nessa obra, Marcos Ribeiro coloca o leitor no lugar do outro, por meio de histórias e personagens com as mais variadas características, estilos e formação. Dessa forma, o educador provoca a reflexão e o entendimento de que toda e qualquer relação deve ser pautada na igualdade e no respeito mútuo. Para Marcos, trabalhar essas questões desde cedo ajuda na formação e conscientização daqueles que serão os cidadãos do futuro. “Só podemos conseguir uma educação democrática se estabelecermos um convívio harmonioso entre as pessoas, reconhecendo a diversidade, a inclusão e o lugar de cada um na sociedade”, enfatiza.

Sobre o autor
Marcos Ribeiro é professor, palestrante e Consultor na área de educação sexual e prevenção para os Ministérios da Saúde e Educação, UNESCO, Fundação Roberto Marinho, Canal Futura, entre outras instituições públicas e privadas. Parecerista dos Parâmetros Curriculares Nacionais (1º Segmento do Ensino Fundamental) para o Ministério da Educação. Detentor da Medalha “Reconhecimento Profissional em Sexologia” (Sociedade Brasileira de Sexualidade Humana) e Comendador com a Medalha Tiradentes, maior homenagem feita a uma personalidade pelo Poder Legislativo no Estado do Rio de Janeiro. Colunista da Revista CARAS. Consultor para programas de rádio e TV, e também para jornais e revistas.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Weber Shandwick Brasil

Você também poderá gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.